voltar para noticias

Ciclista Máster Italiano É Flagrado Com Motor Na Bike

quarta, 02 de agosto/2017 às 09h35


O doping mecânico foi flagrado no ciclismo Máster. O italiano Alessandro Andreoli, de 53 anos, foi pego usando um motor escondido em sua bike em uma prova no sábado (29 de julho) na cidade de Bedizzole, dentro da programação do Centro Sportivo Italiano (CSI). O ciclista, que chegou em 3º lugar, foi chamado para que sua bicicleta fosse verificada pelos comissários e, por meio de detector térmico, a trapaça foi descoberta.

Quando foi flagrado, Andreolli admitiu a culpa. Mas, no dia seguinte, ao jornal La Gazzeta dello Sport, negou que tenha trapaceado. Quando indagado onde comprou a bicicleta, uma Argon 18, despistou. “Comprei de um conhecido em Forte dei Marmi. Mas não me recordo de seu nome nem de seu telefone.”

Sobre ter confessado, justificou dizendo que estava com pressa para ir embora pois os testes levaram quase duas horas. “Sou apaixonado por esporte, não esperava todo esse tumulto”, diz o ciclista.

“Nós agimos de acordo”, disse Emiliano Scalfi, vice-presidente do Centro Sportivo Italiano. “Quando olhamos as imagens, parecia que o tubo vertical estava queimando”, contou o responsável pela fiscalização nas bikes.

Esta é a segunda vez que um ciclista é flagrado com motor na bicicleta durante uma competição. No ano passado, a belga Femke van den Driessche foi pega no Mundial de Ciclocross.

Por Bike Magazine

 

PUBLICIDADE